terça-feira, 24 de junho de 2008

Há 2 anos atrás....

Foi quando tudo começou. Foi quando eu verdadeiramente comecei. E como tal, vou vos contar o meu início, o início de um grande amor!

O meu pai estava nervoso por esta altura. Havia uma imensidão de gente na casa dele, convidados de toda a parte do país e a maior parte tinha chegado atrasada para o pequeno-almoço. A minha mãe, que nunca se atrasa, já andava às voltas dentro do carro em redor da igreja, à espera que o meu pai se dirigisse para lá. Já com os nervos à flor da pele, e olhando para o relógio, viu que era o noivo que já estava atrasado. Passavam 5 minutos do meio-dia, hora em que devia já estar no altar. Ligaram à minha mãe, a dizer que ela deveria dar mais umas voltas na rotunda pois não havia sinal do meu pai ainda. Meia hora mais tarde veio o senhor padre, dizendo que 30 minutos já eram atraso exagerado, e que se não aparecessem ali os dois não havia casamento!

A boda foi muito gira, nada secante como é o típico, mas o que veio depois foi ainda melhor. A viagem até ao copo de água numa quinta magnífica foi rápida. Quando todos os convidados se encontravam no interior da mesma, eis que chega o meu pai a conduzir uma mota daquelas antigas com sidecar! E quem estava dentro do sidecar? A minha mãe! Foi emocionante, principalmente para a minha mãe (foi a primeira vez que o meu pai subiu a uma mota e aprendeu a conduzir em 5 minutos). O momento alto, foi quando a minha mãe viu um muro a passar a 5 centímetros dela, mesmo quando iam a entrar na quinta, e ela estava a ver que ia entrar na quinta com uma maquilhagem diferente.

A comida foi fantástica, todos os momentos super aproveitados, a música, o ambiente tudo esteve maravilhoso. O pôr-do-sol inesquecível, foi sem dúvida o dia mais feliz da vida dos meus papás, pois já ouvi vezes sem conta eles próprios a dizerem isso. Foguetes furaram os céus desejando felicidades aos dois, cortou-se o bolo ao som do "my heart will go on"...

Foi devido a estes e outros momentos de felicidade e alegria que eu irei nascer. Foi devido ao amor deles que eu irei chegar. Por isso papás, muitas felicidades é o que vos deseja a vossa filha, e que sejam muito felizes como têm mostrado até agora.

Vou sem duvida adorar-vos. Beijos especiais para ti papá. A mamã está aqui a dizer-me ao ouvido que te ama muito!

2 comentários:

Cristiana disse...

Tão bom que é recordarmos estes momentos!! Agora fizeste lembrar-me do meu casamento... ai, que saudades de tudo, e ainda mais da lua de mel!
Bem, e como somos rápidas a encomendarmos a nossa sementinha, LOL
Beijocas nossas,
Cris

Tété & Xavier disse...

Momentos inesquecíveis!
Parabéns pelo vosso aniversário e que sejam sempre muito felizes!
Beijos
Tété & Xavier