domingo, 30 de novembro de 2008

12º DIA

Olá!


Esta última noite ganhou o prémio das piores desde que estou em casa. Comecei por fazer birra à meia noite, e entre altas choradeiras só me calei eram quase 4h da manhã. Depois achei por bem ganhar folego uma hora e dormi até as 5h. Aí fiz levantar a minha mãe novamente para comer, e depois as 7h. A minha mãe e o meu pai têm umas coisas estranhas por baixo dos olhos, será uma maquiagem nova? Também vou querer! Acordei de novo à bocado e ainda consigo ter os olhos abertos, pouco mas estão! Quero ver tudo o que se passa, quero lá saber que seja de noite.. ora esta !Hihihihih




Não quero dormir, não quero, não querooo

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

1 semana

Olá!

Tenho tido pouco tempo para dar novidades, pois ando muito ocupada a dormir e a comer. Está tudo excelente comigo, porto-me muito bem! De noite já deixo os meus papás dormirem de 3h em 3h o que é o máximo. Outra novidade é que há 2 dias que demorava uma horita para mamar e agora já despacho tudo em 20 minutos! Estou a ficar profissional ihihih



Gosto muito de leitinho!!

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Consulta Pediatra

Olá!

Têm-se deliciado com os meus videos, não é? Digam lá se não sou fotogénica ihihih
Ontem os meus papás levaram-me ao pediatra. Estavam mentalizados para a minha perda de peso (comum a todos os recém nascidos), quando lhes preguei uma surpresa pois tinha mais 50 gramas do que nasci. Todas as dúvidas sobre a fábrica de leite da minha mãe, se era boa ou não evaporaram-se. A minha mãe não tem leitinho, tem leite-creme!

Quando diziam à minhã mãe que não havia tempo para nada, ela não acreditava. Como era possível não ter uma horita que fosse, para sua distracção pessoal? Preparem-se... é mesmo verdade! Não há qualquer tempo livre! Eu preciso de muitaaaaaaaa atenção!

Ainda me estou a ambientar ao meu quartinho, e aos meus papás, e eles a mim. Tem sido uma convivência gradual, dura por vezes, mas com força de vontade e amor tudo se ultrapassa.
Como já repararam odeio mudar a fralda, aliás basta despirem-me o babygrow que abro logo as goelas. Deixo o meu pai dormir 3h de cada vez à noite, pois é ele que me muda a fralda. Ontem às 4h da manhã ao mudar-me a fralda completamente a dormir, mudou me a fralda e meteu-me o babete ahahah. De manhã quando acordei para mamar outra vez, já tinha o babete posto! Que comédia! E assim vamos passado os dias cá em casa.



Sessão de sol com o meu pai às 7h da manhã! Já não tinha sono...

A Menina do Papá vai dormir...

video

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

domingo, 23 de novembro de 2008

... ao 3º dia.

video

sábado, 22 de novembro de 2008

O Parto

Venho vos contar hoje como foi o parto. Espero que estejam bem sentados, pois é um bocadito grande.

Tudo começou no dia 18 de Novembro. A noite tinha sido passada quase sempre acordada com a minha mãe. Estava excitada e nem sabia porque. Fartava-me de mexer dentro da minha casinha, e a minha mãe nem pregou olho. Levantámo-nos de manhã, e já nessa altura a minha mãe comentava com o meu pai que se sentia esquisita. Contrações é que nem ve-las, pelo que nada fazia prever que eu viesse cá para fora. As ditas começaram por volta das 13h, mas eram bastante irregulares. Caiu a noite, e as contrações apertaram. Já não havia uma única contracção que não provocasse uma sensação de rasgar. Pareciam facas a subir pela casinha a dentro, que não pediam licensa para entrar.
Como a minha mãe não tinha qualquer experiência, as dúvidas eram mais que muitas mas, continuavamos à espera sem querermos ir muito cedo para a maternidade. Controlávamos as horas das contrações e eram já bastante regulares, quase todas menos de 10 minutos, isto entre as 20h e as 22h.

- Se vamos à Maternidade, é agora ou nunca. - dizia o meu Pai
- Mas e se vamos muito cedo? Não quero lá chegar e voltar para trás - respondia a minha mãe
- Vamos, e se for para voltar para trás, já ficamos mais descansados- Concluia o meu pai.

Eram 23h quando demos entrada na MAC. Uns minutos depois eramos chamados. Fomos atendidos por uma enfermeira super simpática, que nos colocou a fazer CTG. As novidades vindas do CTG eram as mesmas que já sabiamos: contracções regulares de 7 minutos. E veio o toque logo depois. Este exame sim, deu novidades: estava tudo mais que verde! Ele era colo fechado, ele era Sara muito subida, estava tudo bem.
Conclusão, saímos da MAC eram 1h00, com a recomendação de andar amanhã logo de manhã desde os Restauradores até ao Marquês. Andar muito, mas muito andar. Não um andar qualquer, tinha de ser a subir, tinha de custar. A minha mãe já para andar lhe custava, quanto mais subir. Não sabia se as contracções lhe causavam tanta dor como a dor de ter que ir de novo para casa, não dormir mais uma noite. A saturação, o desespero já estavam bem presentes. Apenas uma coisa lhe daria uma alegria imensa: eu decidir nascer.

Olhámos para o despertador antes de puxar o lençol para cima, eram 2h00. As contracções mantinham-se, e pregar olho, estava fora de hipótese. Passaram uns minutos, e no meio das contracções a minha mãe ia fechando os olhos, até que... de repente acordou! Chamou imediatamente o meu pai, dizendo que tinha sensação que tinha perdido líquido.

- Amor, acorda! Acho que perdi liquido! Olha as minhas cuequinhas todas ensopadas! - Dizia espantada a minha mãe
- Mas, acabámos de vir da MAC... estava tudo atrasado... como pode? - Dizia confuso o meu pai.

Meio atarantados, sem ter a perfeita certeza de que era realmente líquido, e que a minha mãe não teria estado a sonhar, decidimos andar pela casa. Abraçados um ao outro, percorriamos a sala, depois a cozinha, dávamos a volta no quarto, e voltámos para trás. Eu, na minha casinha, deliciava-me com estes pormenores e não parava de me mexer. Duas voltas depois, saía mais um pedacinho de líquido. Estava aí a confirmação. Olharam um para o outro e vestiram-se em seguida. Nova visita à MAC estava já em marcha, e as contracções sempre a acompanhar. Ligaram o carro, e ao ligar o rádio, estava no ar a música dos Perfume. O meu pai aumentou o volume, e fomos o resto da viagem a cantar os 3 a música.

Eram 3h da manhã quando demos todos entrada na MAC pela segunda vez. A cara da enfermeira simpática esboçava novo sorriso, ao perguntar porque tinhamos voltado. A senhora da bata branca que tinha sido um amor da primeira vez, não desiludiu na segunda. Prontamente fez novo toque, para procurar se haveria uma ruptura da bolsa. Assim que inicio o exame, ouviu-se um "ploc" e mais líquido saiu da minha casinha.

- Pronto, já não sai de cá! - Dizia a senhora da bata branca
- Ai que bom! - Foi como se tirassem um peso de 5 toneladas de cima da minha mãe.

Finalmente parecia começar a existir uma ténue luz ao fundo do túnel. Mas a minha mãe também sabia que o pior ainda estaria para vir. Pensou como seria tê-la finalmente nos braços para afastar os pensamentos menos bons. Entretanto mandaram avisar o meu pai, que desesperava na sala de espera. Assim que recebeu a nóticia, uma sensação de tremor e nervoso percorreu-lhe todo o corpo. Estava na hora. A Sara estava mesmo a chegar!

Eram 4h quando o chamaram para entrar para uma box onde já se encontrava a minha mãe ligada ao CTG digital contínuo. As horas que se seguiram foram as mais longas de todas. As contracções subiam exponencialmente de dor, e os intervalos iam sendo cada vez mais curtos. O meu pai, sentado numa cadeira à beira da cama, segurava na mão da minha mãe. No espaço de tempo da contracção, a mão dele era apertada, mas ele não se importava, apenas desejava no seu íntimo que tudo aquilo passasse rápido.

Foi uma surpresa quando às 7h00 veio a enfermeira fazer novo toque, e qual não foi o nosso espanto quando já tinhamos quase 3 dedos, a quantidade minima para levar a epidural. Mandaram sair o meu pai, e em meia hora, foi dada a santissima epidural. Quando lha administraram, por pouco já não poderia ser dada, pois dilatou até aos 7 dedos numa velocidade nunca antes vista. A dilatação que esperavam levar horas, levou afinal muito pouco tempo. Chegou a hora de fazer força, e a minha mãe portou-se lindamente. Nunca pensei, juro! Fez força quando a senhora da bata branca dizia, e assim que saiu a minha cabecinha, viram que eu tinha uma circular no pescoço. O meu cordão tinha-se enrolado. Pediram logo que a minha mãe parasse de fazer força, mas segundo ela, é totalmente impossível de controlar. A vontade existe, e parece que tem vida própria, muito para além de nós. Soltaram o cordão um pouco mais e retiraram a circular. Mais 2 forças muito muito fortes e eu nascia às 8h04 minutos. O meu pai, que tinha acompanhado tudo desde inicio, estava maravilhado. Foi com as mãos a tremer que cortou o laço que iniciava a minha vida cá fora. Foi lindo, indescritível. Ai estava eu, em cima da barriga da minha mãe, a chorar, e já com os olhos abertos. Os meus pais, de mãos dadas, a olhar para mim, sentiam-se os pais mais felizes do mundo.

De todo o tempo que estivemos na maternidade, apenas temos a dizer bem. Das pessoas, sempre presentes, sempre dispostas a ajudar. Foi tudo maravilhoso.

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Sara 2º dia

Olá!

Ainda me estou a habituar a tanta luz e tanto barulho. Estou maravilhada com isto tudo, e agora tenho pena de não ter saído mais cedo! Os meus papás são uns queridos. O meu dia é passado a mamar na fábrica de leite da minha mãe, e a dormir sestas. Faço caretas quando durmo! Não gosto nada quando a minha mãe me despe para mudar a fralda ou para tomar banho, faço esta cara assim:





E quando a minha mãe fala comigo coisas muito giras sobre o meu pai, faço esta cara assim:




Beijos!

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

A Sara chegou !!!!

video

NASCI !!!!!!!!!

Pois é, vocês nem queiram saber!

Então não é que hoje às 3h da manhã, tive um problema aqui nas canalizações da minha casinha? Opá, tive que me chatear, ah pois tive! Comecei a ficar sem àgua, que estava a sair por um buraquinho. Tive de sair lá para fora para reclamar com a minha mãe! Assim que vi a luz do dia abri as goelas, para ela ouvir, afinal não é assim que se trata uma inquilina! A ver se para a próxima já não me tira a àgua sem eu deixar, ora esta.

E foi assim que nasci de parto natural, hoje às 08h04 minutos do dia 19 Novembro, com 3100 kg. Os meus papás estão super babados comigo, e depois, com mais calma virei contar os pormenores.



Oh pra mim tão gira ihihi



terça-feira, 18 de novembro de 2008

41 semanas

Olá!!

Acabei de bater mais um record pessoal meu, aqui na casinha fantástica, eis que chego à marca das 41 semanas. A espera continua, e eis que depois do toque da senhora da bata branca ontem, começa a sair aquilo que a minha mãe pensa ser, o rolhão. Mas isso a mim não me assusta nada. Está a cair a minha protecção da casinha, mas ela ainda aguenta bem, não pensem hihihi

A pergunta que se coloca é: será que aguento até às 42 semanas ? Depois vejo o que decido.. consoante o estado de desespero que a minha mãe estiver hihihih



Casinha 41 semanas: à prova de tudo!




segunda-feira, 17 de novembro de 2008

40 semanas e 6 dias

Dia de consulta na maternidade.....

Desta feita, foi uma consulta com CTG e toque (o segundo durante toda a gravidez). Tudo normal, CTG normal, tensão normal, bla bla normal bla normal. Eu só conseguia ouvir a palavra normal!
- A senhora está excelente, e a sua bebé também! - Exclamava a senhora da bata branca.
- Vou lhe marcar outra consulta para sexta-feira - Informava prontamente a senhora da bata branca.
A minha mãe ficou pálida, parecia que tinha visto um fantasma.
-Mas... Mas.... vou ter que esperar mais!? - Balbuciava a minha mãe já quase de lágrimas nos olhos
- Sim, está perfeitamente saudável, não há qualquer razão clinica para induzir para já. Na próxima consulta logo decidimos o que fazer.

Parece que o sonho que a minha mãe tinha para mim de ser signo escorpião, desvaneceu-se por completo. E tudo aponta para que eu até nasça no dia de anos da minha avó Belmira.......



.

sábado, 15 de novembro de 2008

40 semanas e 4 dias

Olá!
Bem, que dizer? Parece que toda a gente continua à minha espera e eu sem aparecer. A minha mãe já está pelos cabelos, e a espera, a cada dia que passa, torna-se mais angustiante.
É amanhã, é para semana, é qualquer dia, ouve as pessoas a murmurar. Eu continuo na minha! Acho que a minha casinha aguenta bem até às 41 semanas e mais que for!
Agradeço a preocupação de todos, e aproveito para agradecer a todos os que me visitam e que deixam comentários - obrigado!
Muita, mas muita gente diz que é este fim-de-semana, mas eu cá estarei para provar que mais uma vez, estão redondamente enganados! Hihihih
Bom fim-de-semana!
.

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Está na hora....

video

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

40 semanas e 2 dias

Olá!

A lua não teve qualquer efeito em mim. E eu já estava à espera disso. É que eu não disse aos meus papás, mas quando andei aqui a construir a minha casinha durante 9 meses, construi uma coisa em condições! Esta agora... então iam achar que a minha casinha se ia abaixo a andar uns quilómetros? Nada disso! E mais: claro que fiz a casinha à prova de luas! Dahhhh ihihih

É claro que quando os meus papás acordaram hoje de manhã e me viram instalada como se nada fosse, ficaram um bocado desapontados...


.

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

40 semanas e 1 dia

Olá!


Mais um dia que passa, mais um dia em que eu não tenho vontade nenhuma de sair da minha fantástica casinha. A minha mãe anda iludida que é com grandes caminhadas que faz acontecer alguma coisa, e eu deixo-a pensar que sim hihihihi Eu ainda não lhe disse que isso comigo não resulta, e ela assim anda contente a andar e sempre damos um passeio. Ontem foi até ao IKEA não porque quisessemos comprar algo, mas porque é grande para andar! Andar, andar! Ela ainda tentou convencer-me que quando eu nascesse, que me pegava assim desta forma, mas eu não fui na história!



Oh mãe, é assim é que me vais pegar ao colo?

.

terça-feira, 11 de novembro de 2008

40 semanas

Ah pois é!

Para quem achava que eu não chegava cá (a minha mãe, o meu pai, os meus avós, os meus amigos, os meus primos, o piriquito do vizinho do lado) consegui chegar às 40 semanas!

Até ver o meu lema continua, pois não gostei do ultimato do meu pai, e por isso mesmo, ele agora vai sofrer hihihihi

Aproveito para deixar mais uma foto da minha casinha!


Acho que já ninguem se atreve a dizer que será a última foto...



segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Consulta Maternidade

Olá!

Voltei!
O senhor da bata branca ainda não me quis lá. Diz que estou muito bem de saúde, e que as contracções dolorosas que a minha mãe já tem são normais. A consulta foi muito rápida (rápida demais na opinião da minha mãe), e nova marcação para dia 17 de Novembro (às 41 semanas). Aí sim, disse o senhor da bata branca, caso não haja novidades, diz que segue o conselho do meu pai, e avança com a ordem de despejo forçado. Servirá essa consulta para marcar o dia da ordem de despejo da minha casinha.

Fiquei de dar uma resposta ao meu pai, se saio antes do despejo forçado se saio por minha vontade. Vou pensar no assunto e depois digo qualquer coisa, boa? Entretanto, o meu lema é:

"Daqui não saio, daqui ninguém me tira!!"

Beijocas

39 semanas e 6 dias

Olá!

Hoje não deixei dormir a minha mãe! Achei que era altura dela se habituar a não dormir. Espetei aqui um pé num sitio estranho de madrugada, e a coitada andou com contracções dolorosas umas horitas. Mas agora já me acalmei.. até ver hihihi

Daqui a bocado vamos à Maternidade ver o senhor da bata branca, para a consulta das 40 semanitas.

O meu pai diz que já só tenho mais 1 dia de contrato de arrendamento dentro da barriga da minha mãe....



domingo, 9 de novembro de 2008

39 semanas e 5 dias

Olá!

Tal como prometido pela minha mãe, ontem fomos andar. Quer dizer, andar estou a ser amiga porque o que nós fizemos foi correr a maratona! Eu não me queixei minimamente pois ia embalada. Foram vários e vários quilómetros que os meus papás andaram em Sintra, para ver se eu me decidia. Perdemos a noção das horas com tanto andamento, pois saimos de casa de manhã e só chegámos à noitinha! Os meus papás estavam convencidos que com uma maratona destas, eu ia decidir sair, mas enganaram-se ihihihi

Nem contracções, nem moinhas, nem nada! Apenas dor nos pés e pernas do meu papá de tanto andar! Ahahaha
E como não podia deixar de ser, e para variar dos pastelinhos de belém, lá teve de marchar um travesseiro de sintra! Mhammm


Uma caixinha cheia de travesseiros mhammm





sexta-feira, 7 de novembro de 2008

39 semanas e 3 dias

Olá!

Ontem os meus papás levaram-me ao Continente para fazer as compras. Segundo eles, mais vale fazer agora umas compras para encher a dispensa, pois quando eu chegar dizem que não vão ter tempo para isso. Eu gostei da ideia pois estava farta de estar em casa com a minha mãe. Então não é o meu espanto, que chegámos lá, fomos direitinhos ao corredor da comida para bebés e começaram a encher o carrinho com aqueles pacotes amarelos?
Pensei para mim "epá aquela coisa deve ser mesmo boa!" tal não era o carregamento. E no final do carrinho cheio ainda ouvi a minha mãe:

- Honey, será que chegam estes pacotes? - Perguntava a minha mãe para o meu pai.
- Olha secalhar é melhor colocares mais um ou dois, que isto tem que durar até à semana que vem! - Dizia o meu pai com um ar muito sério.



Será que estes pacotinhos amarelos serão bons?


quinta-feira, 6 de novembro de 2008

39 semanas e 2 dias

Olá!

Ontem era dia de mudança de lua, e apesar dos meus papás não acreditarem muito nisso, nesta altura do campeonato, tudo vale de desculpa que forneça uma previsão do grande dia. Coincidência ou não, ontem depois de jantar decidi dar uma festa aqui na minha casinha. Parecia que "estava possuída" como diz a minha mãe hihih. Realidade ou ficção, a influência da lua (lua cheia) voltará a manifestar-se no próximo dia 13 de Novembro pelas 3h da manhã. No próximo fim-de-semana já foi decretado pela minha mãe, começarmos as caminhadas. Vamos lá ver os efeitos! Começo a achar que muita gente me quer ver aí fora rapidamente, não sei porquê! Estou aqui tão bem....

Beijos


quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Casinha 39 semanas

Olá,

Como prometido, deixo a minha casinha com 39 semanas. O meu pai todos os dias pergunta se é hoje, e pior, dá-me ligeiros toques de manhã a ver se quero sair antes de ele sair de casa para trabalhar. É que assim, segundo ele, não precisa de gastar combustível a regressar do trabalho , para levar a minha mãe à maternidade. Eu bem o tento convencer que ainda não estou preparada para sair, até porque tenho renda paga por mais 6 dias! ihihihi

Beijos



Casinha às 39 semanas tão formosa e bonitinha.


terça-feira, 4 de novembro de 2008

Consulta 39 semanas

Olá!!

Cheguei da consulta com o senhor da bata branca. Para quem achava que eu não chegaria às 39 semanas, enganou-se! Aliás, como rapariga que se preza, um atrasozito vem sempre a calhar (apesar de oficialmente ainda estar dentro do prazo). O senhor da bata branca, a semana passada, dizia à minha mãe ao ver aquele CTG ( com várias contracções a atingir o limite da escala) que eu muito provavelmente não chegava às 39 semanas. Parece que se enganou!

Eis que no CTG de hoje, nem uma contracção se apresentou ao serviço. Fugiram todas! Sendo assim, lá terei que deixar amanhã uma foto da minha casinha. A grande questão agora é:

Aguento-me até às 40 semanas ?

Beijos!


segunda-feira, 3 de novembro de 2008

As visitas

Olá,

O post das visitas, foi mal interpretado pela família. As pessoas perceberam tudo ao contrário e não era essa a nossa intenção.

Por tal facto, pedimos desculpa a todos, pois queriamos apenas alertar para o bom senso e nada mais. As regras eram meras indicações, obviamente que não eram para ser seguidas à risca.

O post é apagado, e apenas queremos reforçar a ideia de que venham todos quando quiserem pois nós queremos tê-los cá todos sem excepção.

Pedimos desculpa pela confusão gerada.

Beijos.



sábado, 1 de novembro de 2008

Consulta Maternidade

Olá!

Fomos à minha primeira consulta na maternidade. Fizemos novo CTG que acusou contracções de 5 em 5 minutos, não dolorosas. Ou seja é como se estivesse tudo na mesma. Enquanto a minha mãe não sofrer umas dores valentes, não saio daqui e daqui ninguém me tira! O meu pai adorou as 4h que passou sentado no banco da sala de espera. Ficámos de lá voltar (à maternidade) dia 10 de Novembro, a não ser que eu mude de ideias entretanto.

Bom fds!