segunda-feira, 20 de abril de 2009

Licensa Paternidade - Dia 1

A minha primeira frase é esta: "Isto de ser mãe substituta não é fácil!"

Achava eu, pai babado, mas qual será o trabalho que dá tomar conta duma bebé de 5 meses?
A verdade é que o meu dia começou cedo e ainda está longe de terminar....

6h01: Acordou a menina Sara. Levantei-me num ápice para não acordar a mamã que estava a dormir. Ela ia trabalhar e todo o sono que conseguisse juntar era boa.

6h30: Já tinha feito 3 viagens até ao quarto da Sara e ela sem dormir. Até lhe dei cházinho para ver se dormia e nada. Até que a mãe se levantou para ir trabalhar, foi lá, e como que por magia ela calou-se e dormiu (ainda não percebi o que é que as mães têm que eu não tenho).

8h15: A Sara acordou de novo. Desta vez fiz-lhe 150 ml de leite especial de corrida que ela mamou muito a custo deixando ainda por beber 50ml.

9h10: Faz-me caca estava prestes a dormir. Lá fui eu, mudei-lhe a fralda, cheirava mal que tresandava, e coloquei-a na cama novamente. Um bocado de colo e tal, e lá ficou.

10h22: O vizinho do andar de cima lembra-se de fazer um furo na parede. Barulho ensurdecedor, e automaticamente sai um grito do quarto dela. Chamei-lhe tudo e mais alguma coisa (baixinho), por me ter acordado a gaiata. Claro que já não dormiu mais, tive que a aguentar até à hora da sopa.

11h30: O almoço. Bem, esta parte é deveras dificil. Comecei por fazer uma sopa espetacular: batatinhas, cenoura, corgettes, feijão verde, e uma perninha de perú! Bem, a sopa estava divinal! Preparei a Sara toda, vesti o meu avental de combate, e ao pegar na primeira colher para lhe dar, começa-me aos gritos. Queres tu ver a minha vida!? Meia hora depois já estava com os cabelos em pé, ela sem comer, e eu a pensar como é que a mãe dela dava umas fantásticas 8 colheres num dia bom. Estaria muito presa a Sopa? Botei-lhe mais àgua. O resultado foi o mesmo : sopa come-a tu dizia ela para mim. Cansei-me e fui esmagar uma pera rocha, como a mãe dela tinha sugerido no dia anterior. Então não é que aquilo não ficou desfeito? Ficou tudo aos bocados e eu sem conseguir esmigalhar mais. Pensei, pode ser que coma. E bota na colher para lhe dar. Nada.. nem assim ela comia. Desisti e meti a sopa no biberão, pois ela assim costumava comer, pelo menos quando era a mãe que lhe dava. Ora, nem assim comeu!! Meti mais àgua, pois eu achava que os bocados do perú ficavam presos na tetina e ela chateava-se. Poçaras! Lá dilui a sopa ao máximo e ela mamou uns estonteantes 40 ml da minha fantástica sopa! Weeee que alegria!

13h00: lá dormiu e agora já acordou. Agora vamos para a brincadeira o resto do dia!

7 comentários:

sandra carvalho disse...

hihihih nao vou perder pitada deste diario!so pa me rir um bocadinho,vcs pais teem a mania teem hihihi,deviam era tds pais ter esta experiencia pa ver o ke andamos td dia afazer,e pk razao assim ke deitamos na cama aterramos!hihihi jinho e boa sorte hihi

Vânia disse...

looooooooooooool...Quem disse que era facil??? e a Sara tão habituada a mãe....Mas o pai vai desenrascar-se mto bem. espero mais noticias.

jinhos

Os trabalhos da Susy disse...

gostei muito ri-me muito ....
Mas é assim mesmo papá desenrascado.
bons passeios beijinhos
e parabéns pelos 5 mesinhos

Tita disse...

pois é... no fim de semana parece tudo mais fácil... a diferença é q são 2...
a fruta cozida marcha melhor...
bjs e boa sorte

liliana disse...

Tem graça deste lado, mas daí faço ideia!!! Não deve ser mesmo nada fácil, mas calculo que ela se habitue a ti e dentro de uns diazecos marche a sopa, marche a fruta e o leitito!

iSuerte!

Mafalda disse...

ehehehe, coitado do teu paizinho Sara! andas a fazer-lhe a vida negra! lol
cuidar de um bebé não é nada fácil e eles só dão valor quando se apanham sozinhos a ter o trabalho todo! lol
beijocas e boa sorte para o papá***

Ana disse...

:) acho que os bebés de 5 meses são peritos em levar a nossa paciência a limite, vais ver que o segundo dia já vai ser melhor. um abraço