quarta-feira, 8 de abril de 2009

Alegria

- Oh mãe! Oh mãaaeeeee! - Gritava eu desesperada no meu dialecto dos gritinhos ontem à tarde
- Sim Sara? Não se grita! Ai ai ai o que é que a mãe está fartinha de dizer? - Respondia-me a
minha mãe com para de poucos amigos.
- Amanhã posso trocar de sopa? É que aquela coisa verde que tu chamas alface não gosto! - Dizia eu para a minha mãe, meio a pedir, meio a mandar.
- Mas ainda tens sopinha de alface feita, não te vou fazer outra. - Informava a minha mãe.
- Mas eu quero!! Ahhhhhhhhhhhh - Saia mais um gritinho dos meus, daqueles mesmo agudos.
- Sara!! Já te disse que não se grita! - Ralhava a minha mãe, na esperança de eu me portar bem
- Mas mãe, eu quero sopa de borrego! O pai diz que é bom! - Tentava eu convence-la.



Será que vou ter sopa de borrego ?


6 comentários:

liliana disse...

Hoje ainda comes a que está feita! LOL...

liliana disse...

E nada de reclamar!!! A sopinha faz muito bem, sim?

Patricia disse...

é assim mesmo Sara. Personalidade vincada!

Patrícia disse...

Pode não gostar da sopa mas está sempre bem disposta, já começaste com a fruta???e ela está a comer melhor???Aqui a carocha ADORA a papa amanhã vou experimentar novo sabor. Beijinhos grandes

Dinastia FilipiNHa disse...

Eu acho que não há nada como tentar!!!

Beijocas

Mamã Vanda disse...

O borrego ha-de vir a seu tempo. Agora papa esta de alface que esta muito boa e faz muito bem :)