terça-feira, 22 de julho de 2008

Insónias

Olá!

Ontem a minha mãe ralhou comigo. Dizia que eu não a deixava dormir, mas eu não conseguia estar quieta! Eram 22h quando o relógio badalou a típica hora de deitar. Eu, fartinha de estar sem nada para fazer, recusava-me a ir deitar.

- Sara, a mãe agora vai comer um iogurte para tu dormires descansada - Informava a minha mãe.
"Pum" saltava um murro meu na casinha para lhe dizer que não queria ir dormir
- Sara, agora vou comer um copinho de leite para acalmares - Dizia a minha mãe já de copo na mão em direcção à boca.
"Pum, Pum" continuava eu a bater, pois ela ainda não tinha percebido!

Fomos para a cama, aconchegou-me as almofadas na casinha para estar apoiada, e lá disse boa noite. Eu ainda tentei resistir, mas sem sucesso. O truque que a minha mãe tinha usado (do leite) era muito forte para mim. Mas pensei para mim "espera que vais ver!".

A madruga ia alta, quando acordei novamente. Eram 3h30 da manhã. Estava na hora de colocar em prática o meu plano diabólico. Bastou eu começar a saltar para a minha mãe acordar instantaneamente.
- Sara então? Está quieta! É a bexiga da mãe? Está cheia e queres mais espaço? Eu vou à casa de banho então – Dizia a minha mãe levantando-se em seguida.
"Pum, Pum, Pum" continuava eu na minha ginástica.
Voltámos para a cama, e eu sem parar. Assim que desconfiava que a minha mãe ia a fechar o olho, lá dava mais um pontapé na casinha. Uma hora depois, a minha mãe já não estava a achar graça à brincadeira. Ela tinha que se levantar às 6h e não ia dormir quase nada.

"Pum, Pum, Pum"continuava eu, alegre e bem disposta. A minha mãe não pregou mais o olho nessa noite, mas em compensação fiz o exercício todo para esse dia!

Beijos

2 comentários:

Tété n' Xavier © disse...

Prepara-te qe a tendência é piorar ;o)
Beijos
Tété & Xavier

Cristiana disse...

Que menina mais mexida que tu estás!A mamã que não nos oiça, mas fazes muito bem fazer a tua ginástica sempre que te apetece; é não convém contrariar um sere tão sensivel ;)
Beijocas às duas,
Cris